terça-feira, 4 de julho de 2017

IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO
Jefferson Hiago Santos17:38:00 0 comentários


 Grande parte das pessoas sabem o quanto é importante a amamentação para o desenvolvimento dos bebês, mas infelizmente algumas mães, por falta de informação ou por outros motivos, não seguem as instruções corretas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a prática do aleitamento exclusivo até os 6 primeiros meses do bebê, e a partir dos 6 meses com alimentação complementar até os 2 anos.
   
   Logo nos primeiros momento de vida, o bebê já deve começar a prática de amamentação, além de contribuir com a prevenção de doenças de ambos (Mãe e filho), também irá aumentar o contato efetivo entre a mãe e o bebê. Caso a amamentação seja ignorada ou não seja seguida corretamente,  futuros prejuízos podem afetar a criança e a mãe, em destaque temos:

(1) Infecções respiratórias agudas: Segundo Cristiano Siqueira cerca de 600.000 mortes por infecções respiratórias no mundo podem ser evitadas com a amamentação, isso equivale à cerca de 30% das morte pós-natal e 50% neo-natal. 

(2) Desnutrição: O leite materno é rico de todos os componentes necessários para o desenvolvimento da criança. Fornece água para hidratação, fatores de desenvolvimento e proteção como os Anticorpos, leucócitos, macrófagos, laxantes, lípase (Enzima necessária para a quebra dos lipídios, propiciando a absorção. Nessa fase há uma escassez dessa enzima), fibronectinas, ácidos graxos, gama-interferon, neutrófilo, fator bífido e outros contra infecção comuns na infância, isento de contaminação e perfeitamente adaptado ao metabolismo da criança.


(3) Mal formação dos dente: Segundo Bervian, Fontana e Caus (2008), o seio materno funciona como um aparelho ortodôntico natural, porque quando é amamentado, o bebê coloca a língua na posição correta dentro da boca. Por esse motivo as arcádias, bochecha e língua movimentam-se corretamente e toda função neuromuscular da boca desenvolve-se adequadamente, isso acontece devido a vedação de ar quando o bebê amamenta em posição correta, o que obriga a realizar a sucção e a deglutição sempre respirando pelo nariz. Por isso tão importante também para o desenvolvimento adequado dos dentes e musculatura oral. Além disso, um fator que intensifica a mal formação dos dentes é o uso de bico de silicone ou mamadeira de forma inadequada.


 (4) Outras doenças infecciosas: Como já foi citado anteriormente a amamentação é responsável pela transferência de anticorpos, leucócitos e outras células de defesa, que fortalecem o sistema de defesa do bebê. Isso o protege de várias doenças e infecções. 

Essas são apenas algumas causas da falta de aleitamento correto, existem diversos fatores desfavoráveis tanto para o bebê como também para a saúde da mãe. Por isso é tão indicado e de essencial importância que a mãe siga todas as etapas e recomendações médicas para que tudo ocorra como esperado.

Referências:

1 - BOCCOLINI, Cristiano Siqueira et al . O papel do aleitamento materno na redução das hospitalizações por pneumonia em crianças brasileiras menores de 1 ano. J. Pediatr. (Rio J.),  Porto Alegre,  v. 87,  n. 5, Oct.  2011.


2 - ESCUDER, Maria Mercedes Loureiro; VENANCIO, Sonia Isoyama; PEREIRA, Julio César Rodrigues. Estimativa de impacto da amamentação sobre a mortalidade infantil. Rev. Saúde Pública,  São Paulo,  v. 37,  n. 3, June  2003.   

3 - MACEDO, Silvia Elaine Cardozo et al . Fatores de risco para internação por doença respiratória aguda em crianças até um ano de idade. Rev. Saúde Pública,  São Paulo,  v. 41,  n. 3, June  2007.


4 -  Bervian J, Fontana M, Caus B. Relação entre amamentação, desenvolvimento motor bucal e hábitos bucais: revisão de literatura. Rev Facul Odontol. 2008 May/Aug;13(2): 76-81. 


Sobre o autor Nutricionista formado pela universidade Federal de Sergipe, Atendimento Ambulatorial e domiciliar Facebook ou Twitter

0 comentários